Como Planejar Um Intercâmbio

1/28/2019

No final de 2018 fechei o meu primeiro intercâmbio, para passar um mês estudando francês no Canadá em julho de 2019, mas para finalmente estar realizando esse sonho, o planejamento começou bem antes....

Logo depois da minha primeira viagem internacional, eu me apaixonei por viajar e desde então sempre quis mais e mais viagens e um intercâmbio estava entre elas.

Mas para onde ir? O que estudar? Quanto tempo ficar? Essas e outras perguntas começaram a surgir quando eu começava a pensar nessa viagem.


O QUE FAZER?


Primeiramente eu acho que essa pergunta deve ser respondida antes mesmo de escolher o destino, pois dependendo da sua atividade, alguns lugares são mais ideais que outros.

Bom, eu acho que o intercâmbio mais feito por todos viajantes é de estudar línguas no exterior e no meu caso não foi diferente. Existem outras opções como intercâmbio de trabalho voluntário, trabalho remunerado, de estudos em faculdades, ou apenas a especialização e até mesmo de esportes. Creio que sua escolha varia de acordo com a sua faixa etária, e pela minha idade a melhor opção foi aprender uma língua nova.

Mas qual idioma? Estudo inglês desde criança e considero meu nível entre intermediário/avançado, por isso acredito que se eu fosse fazer um intercâmbio para aprender inglês, meu nível iria melhorar, porém não iria aprender muito. Desde que parei de fazer curso de inglês, comecei a estudar francês por conta própria e logo depois entrei no curso.

Agora estou a 2 anos estudando francês e meu nível é básico/intermediário. Por conta disso, acredito que fazer intercambio para estudar francês valeria mais a pena.


ONDE IR?

Pela minha escolha de aprender francês, eu tinha algumas opções de destino. Existem varias países francófonos, e entre eles, os que se destacam é a França e o Canadá. Então comecei a ver os pros e contras considerando alguns aspectos.

Um dos fatores que mais pesou nessa decisão foi a moeda. Na França se utiliza o Euro (4,40) e no Canadá o Dólar Canadense (2.90). Além de na França a moeda ser mais cara, o custo de vida em Paris é consideravelmente mais elevado que em Montreal.

O Canadá é considerado um país bilíngue, tendo como línguas oficiais o inglês e o francês. Por conta desse meu histórico com essas duas línguas, o Canadá se tornou o destino ideal para mim, pois seria possível eu estudar francês e praticá-lo no dia a dia e qualquer momento que eu não consiga me comunicar em francês, posso usar o inglês para me ajudar. Foi dessa maneira que escolhi como meu destino: Montreal no Canadá.


 


QUANTO TEMPO FICAR?



Para responder essa pergunta, infelizmente, não tinha muito o que fazer. Por conta dos estudos, tenho férias em Dezembro, Janeiro e Julho. Acabei escolhendo julho por três motivos: Primeiro que dezembro e janeiro tem feriados que, na minha opinião, são importantes passar com a família. No segundo motivo foi levado em conta o clima, no final e inicio do ano, é inverno no Canada, com temperaturas por volta de -20°C e durante o verão (junho/julho) 30°C, eu acho que o verão é melhor para conhecer a cidade, mas se você quiser algo mais distante do que tem no Brasil, como neve, o inverno pode ser ideal para você. E por ultimo, o terceiro motivo foi é o fato de janeiro/dezembro estarem mais próximos que julho, então eu teria mais 6 meses para juntas dinheiro.

EU TENHO DINHEIRO?


Depois de decidir todas essas coisas de como seria o meu intercâmbio, fiz algumas pesquisas de orçamento na internet e calculei uma média de quanto custaria fazer o intercâmbio que eu queria.

Contando o curso, moradia, passagem, transporte e alimentação deu por volta de 10.000

Importante dizer que eu estava fazendo esses cálculos no final de 2016 e planejava fazer o intercâmbio no meio de 2019. 2 anos e meio depois. 

Então o que eu fiz foi o seguinte: dividi o valor do intercâmbio em quantos meses faltavam para chegar a viagem e deu um número menos assustador, por volta de 330.

Então no primeiro mês de 2017 criei uma conta na poupança separada, destinada apenas para o intercâmbio e todo mês fazia o depósito de 330 reais.

Sei que um intercambio pode ser caro, mas se é algo que você deseja muito, com um bom planejamento seu sonho pode tornar realidade.
 
 

QUAL AGÊNCIA?

Faltando mais um menos 1 ano para chegar a data no meu intercâmbio, comecei a pesquisar nas agências o curso que eu queria. 1 mês estudando francês no Canada.

Importante dizer que é possível fazer intercâmbio sem agência, e desse modo você acaba economizando um pouco mais, pois não paga a taxa cobrada por elas, porém a agência te da um suporte maior, ajudando a escolher a escola, sua residência, seguro viagem e também a documentação, que é super importante.

No final, três agências atendiam as especificações que eu queria então avaliei as diferenças entre elas. Não muda muito entre uma e outra, pequena diferença de preço, e as escolas que elas tem parceria. Escolher a agencia é algo mais pessoal, qual delas atende melhor o que você deseja.

Depois de escolher a agência, eles te darão todo o suporte para te ajudar a ter a melhor viagem possível. Depois de fechar o intercambio basta ficar de olho nas passagens aéreas e aguardar ansiosamente o dia da viagem chegar.

Você também vai gostar

0 comentários