Digite aqui o que procura Sobre o Autor Email Enviar Nome Email Menssagem Sobre pág. ##1## de ##2## Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Oot Nov Dez

Vitor R.

[name=Vítor Rodrigues] [img=https://2.bp.blogspot.com/-cgLnvWAcM6E/Xr1-hQxVXwI/AAAAAAAAm6E/vz6XuPyAADwffxq-DGwI-XqwqczS_amSwCK4BGAYYCw/s113/Me.jpg] [description= Eu sou o Vítor e desde pequeno (13 anos) viajar deixou de ser apenas férias e passou a fazer parte da minha vida durante o ano todo, foi ai que eu decidi criar o blog e desde então sempre tenho em mente um DESTINO MARCADO.] (instagram=https://www.instagram.com/vitorigues/?hl=pt-br) (youtube=https://www.youtube.com/channel/UClIpiAjyv4dVE6JeP3bznig) (twitter=#)

10/newsticker/Curiosidades

8/bigslider1/Topo/ featured

404

Desculpe, página indisponível
Home

4/block4/Intercâmbio no Canadá

10/carousel3/Atrações

2/bigslider2/Viajante Consciente

Últimos Posts

Passeio Pelo Vale Sagrado: Chinchero, Moray, Maras & Ollantaytambo

0
O Vale Sagrado é uma extensa área, entre Cusco e Machu Picchu, que reuni as principais ruínas do antigo Império Inca. Fazer o tour que passa por esses lugares é, sem duvida, uma das melhores maneiras de conhecer toda a história de lá, por isso super recomendo que você inclua esse passeio no seu roteiro.  



O Vale Sagrado possui uma extensa área e nela você encontra inúmeros parques arqueológicos como:

  • Sacsayhuamán
  • Qenqo
  • Tambomachay
  • Puca Piará
  • Pisac
  • Chinchero
  • Moray
  • Maras
  • Urubamba
  • Ollantaytambo
  • Pisac
Muitas gente diz que os 4 primeiros da lista, são do Vale Sagrado de Cusco, pois estão à uma distancia mais próxima da cidade e você consegue fazer eles em uma tarde/início da noite. Já os outros pertencem ao Vale Sagrado dos Incas, eles são ao norte de Cusco, um pouco mais afastado.

Para conhecer o Vale Sagrado dos Incas, você vai precisar de 1/2 dias, isso depende de quais você vai visitar. Se você tiver 2 dias da para visitar todos, mas como eu tinha apenas um dia, eu optei por um roteiro que é conhecido nas agencias de turismo como: Super Vale Sagrado, esse roteiro é roteiro super popular entre os viajantes e esta incluso:

  • Chinchero
  • Maras
  • Moray
  • Urubamba (almoço)
  • Ollantaytambo
  • Pisac
Existe também o Vale Sul, que já não é tão conhecido mas mesmo assim acho importante mencionar, nele estão as atrações:

  • Tipón
  • Pikillakta
  • Andahuaylillas

* * *


Com essa explicação do Vale Sagrado, podemos seguir falando do passeio.


Como é o passeio?

O passeio pode variar dependendo da agência turística que você escolher. Como disse no post sobre a Montanha Colorida, fechei todos os passeios com uma agencia perto do meu hotel.

Nome: Perú Cumpres Explore Travel
Email: perucumbresexploretravel@gmail.com
Telefone: 084 431152 Cel: +51 984838384

 

Um breve resumo:

Saímos do hotel as 6:30, fizemos a primeira parada em Chinchero, lá a gente visitou um lugar chamado Peru Arte, que é loja de produtor regionais, mas lá também eles nos mostram como é o processo de utilizar o pelo da alpaca para produzir roupas, em seguida fizemos nossa segunda parada em Chinchero, no Centro Arqueológico (falo mais detalhadamente de cada atração mais á frente). Saindo de lá fomos para Moray e depois para as Salineras de Maras. Em seguida uma pausa em Urubamba, apenas para o almoço e depois seguimos para Ollantaytambo. Essa acaba sendo a última parada para mutas pessoas, o que foi o meu caso, depois de lá partem para Águas Calientes no mesmo dia ou no dia seguinte. Como Pisac já fica no caminho de volta pra Cusco, a gente acabou não visitando ele, mas dependendo da agência que você escolher, eles podem fazer um outro caminho, ou visitar outros lugares.

Caso queira ver como foi o meu passeio por Chinchero, Maras e Moray tem um video no youtube mostrando como que foi esse passeio:

 


Centro Arqueológico de Chinchero:


Chinchero esta a 3.780 m acima do nível do mar e estava quase na mesma altura das nuvens! Lá era o templo do arco-íris e era utilizado para fazer comemorações, por isso você vai encontrar um grande gramado e uma bela vista de lá.


No local eles também utilizavam para plantar batatas e para isso eles nivelavam a terra em formato de escada.


Lá também podemos ver a invasão espanhola marcada nas construções. Os espanhóis derrubam as construções que já estavam lá e construíam as deles com base nas que eles derrubaram.

Parte de tijolos construída pelos incas e parte branca pelos espanhóis.
 

Moray


Moray é basicamente esse pedaço da Chinchero que eles ele utilizavam para plantação, porém em uma escala bem maior.


O local era destinado apenas para a agricultura e variava o que se plantava em cada andar de acordo com o nível. Existem na realidade outras 3 estruturas semelhantes a esta na mesma região, mas como o passeio é um pouco express, os turistas acabam visitando apenas uma, que é a principal. Caso seja algo do seu interesse, você pode ir por conta própria e conhecer um pouco mais.


Salineras de Maras

Você já consegue ter uma ideia do que você esta preste a visitar quando ainda esta no ônibus indo para Maras.


Maras é um local de produção de sal e já existe desde os Pré Incas e esta em funcionamento até hoje. São produzido 25kg de sal por piscina em uma semana!



Diferente dos outros lugares, a entrada nessa atração não esta inclusa no boleto turístico. Por atualmente ser uma propriedade privada, você tem que pagar 10 10 soles para poder entrar.

Ollantaytambo



A minha última parada do passeio foi Ollantaytambo e como eu disse no post sobre cidades para conhecer no Peru, Ollantaytambo foi uma surpresa para mim.

~~ Leia também: 8 Cidades para Conhecer no Peru ~~

O Complexo Arqueológico de Ollantaytambo é a grande atração da cidade. É um pouco puxado, pois por uma grande parte é subida, e por estar muito alto acaba dificultando. Porem chegando lá em cima todo o esforço é compensado pela incrível vista da cidade cercada de montanhas.


Mas além do complexo, a cidade também possui uma feirinha, uma praça central então caso você decida dormir lá, ainda vai ter mais umas coisinhas para explorar por lá.




Eu gostei tanto da cidade que resolvi fazer um vídeo separado para ela, você pode conferir abaixo:


Todos os lugares citados a cima possuem bastante história. Eu fiz uma explicação mais breve de cada local, não só por não querer estragar a emoção de conhecer o lugar estando lá, mas também para você pode ver quais que você vai querer visitar ou não. Deixei a parte de contar tudo sobre o local para o guia, quando você estiver lá!  


Quanto custa o passeio pelo Vale Sagrado?

Como eu disse anteriormente, vai depender da agência que você escolher e dos lugares que você vai visitar.

No meu caso acabou saindo 55 soles por pessoa. O valor inicial era de 60 soles, mas como fechamos outros 2 passeios com ele, conseguimos um desconto! 60 soles é aproximadamente 90 reais. O buffet em Urubamba estava incluso no valor, porém os ingressos não.

Como ingresso, você precisa do boleto turístico para entrar nas atrações do passeio (com exceção de Maras que você tem que pagar a parte). O boleto turístico não é vendido pelas agencias de turismo, você pode comprar ele em Cusco ou dependendo até mesmo na entrada da atração, você pode ler um pouco mais sobre ele nesse post:


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário