Digite aqui o que procura Sobre o Autor Email Enviar Nome Email Menssagem Sobre pág. ##1## de ##2## Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Oot Nov Dez

Vitor R.

[name=Vítor Rodrigues] [img=https://2.bp.blogspot.com/-cgLnvWAcM6E/Xr1-hQxVXwI/AAAAAAAAm6E/vz6XuPyAADwffxq-DGwI-XqwqczS_amSwCK4BGAYYCw/s113/Me.jpg] [description= Eu sou o Vítor e desde pequeno (13 anos) viajar deixou de ser apenas férias e passou a fazer parte da minha vida durante o ano todo, foi ai que eu decidi criar o blog e desde então sempre tenho em mente um DESTINO MARCADO.] (instagram=https://www.instagram.com/vitorigues/?hl=pt-br) (youtube=https://www.youtube.com/channel/UClIpiAjyv4dVE6JeP3bznig) (twitter=#)

10/newsticker/Curiosidades

8/bigslider1/Topo/ featured

404

Desculpe, página indisponível
Home

4/block4/Intercâmbio no Canadá

10/carousel3/Atrações

2/bigslider2/Viajante Consciente

Últimos Posts

6 Cidades Para Conhecer Na França Além De Paris

0
Em 2018, a França foi o país mais visitado de todo o mundo com quase 90 milhões de turistas de acordo com a Organização Mundial do Turismo. Uma grande maioria desses turistas visitou o país com o único intuito de conhecer a tão famosa 'cidade luz', Paris, isso porque a capital francesa coleciona boa gastronomia, clima romântico, belas paisagens, boas e tradicionais lojas, e claro, a Torre Eiffel. No entanto, a França esconde, nos seus mais de 640 km² de extensão, diversas cidades que também valem muito a visita.


Lyon

Lyon é conhecida como a capital mundial da gastronomia francesa, por isso indico que fique pelo menos duas noite por lá, pois um dos principais pontos turísticos da cidade são os restaurantes. A cerca de 5 horas de carro partindo de Paris, Lyon é a terceira cidade mais populosa da França, atrás apenas de Paris e Marselha. 

Ponte sobre o rio Ródamo
A cidade é dividida entre duas partes, a parte mais nova, com prédios espelhados e construções modernas, e o centro histórico, cujas construções foram preservadas e é a região onde mais vale a visita. Nessa parte de Lyon estão os Traboules, que são passagens entre os prédios que levam de uma rua a outra. Antigamente eram utilizados para o transporte de seda, pois assim não estariam sujeitas às mudanças climáticas, e para fugir da ocupação Alemã na cidade, uma vez que apenas a população local sabia onde os Traboules estavam.

Ruas da Vieux Lyon
Hoje em dia essas passagens são umas das principais atrações turísticas de Lyon. São portas de prédios normais que, ao abrir, nos deparamos com essas passagens, que são quase um labirinto. Em toda a cidade são quase 400 Traboules que estão localizados, principalmente nas regiões do Vieux Lyon e da Croix Rousse.

Dentro de um Traboule


Nice

Sendo uma das mais conhecidas e famosas cidades da França além de Paris, Nice está localizada no coração da Riviera Francesa ou Côte d'Azur, marcada por casas e prédios de luxo no litoral sul do país. No entanto, essa fama de luxuosa e cara, por mais que seja real, não deve te intimidar, pois a região tem opções para todos os bolsos. Próximo de Nice há muitas cidades também famosas, como Cannes e Saint Tropez. Além disso, Mônaco não está muito distante de lá.

Praia de Nice: turistas costumam usar meias especiais para andar sobre as pedras
A praia de Nice, por mais que seja muito bonita, não é necessariamente algo que você deveria se preocupar em dar um mergulho e passar horas relaxando na areia... ou melhor, nas pedras. Um passeio pela orla da praia já é mais que o suficiente, e evita que você tenha dores posteriores por pisar e deitar nas pedras que ficam na praia. 

A região central de Nice é bem badalada, principalmente à noite quando os bares e restaurantes com mesas na calçadas ficam lotados - especialmente em dias mais quentes. Nas vias principais dessa região os valores são um poucos mais altos que o das outras partes da cidade, sendo uma média de 25/30 euros (R$ 144-170) por pessoa. Por lá, é interessante experimentar a salada Niçoise, um dos pratos típicos de lá.

Promenade des Anglais: a orla de Nice
Durante o dia, há uma feirinha também nessa parte central da cidade, onde é possível encontrar peças de artesanato local e comidas por um valor bem acessível. Os hotéis da cidade variam bem de preço, tendo uma diária média de 600 reais para os três estrelas e a partir de 1500 reais para os resorts cinco estrelas.

A cerca de 30 minutos de Nice está localizado o pequeno principado de Mônaco, e os seus distritos, sendo Monte Carlo o principal e mais famoso. Essa região é puro luxo, tendo o metro quadrado mais caro do mundo - mais de 47 mil dólares.



Monte Carlo é marcado por diversos hotéis e cassinos, onde ocorrem apresentações de modas e outros eventos importantes. Além disso, é nesse distrito que está localizado o Circuito de Mônaco de Formula 1, e você pode conhecê-lo de carro ou a pé, já que são as próprias ruas da cidade que formam o circuito. O principado não demanda muito tempo para passeio, e algumas horas já são suficientes para conhecer tudo por lá.


Marselha (Marseille)

Outra cidade do litoral da França, Marselha é a segunda mais populosa do país. É uma região portuária e uma das mais antigas da França. As paisagens da cidade já fazem o passeio valer a pena, no entanto, a gastronomia local também deve ser apreciada sem moderação. 


Seja por passeios a pé pelas ruas da cidade, ou passeios de barco pelo mediterrâneo, a cidade vai te encantar. Mas um passeio que você deve considerar em sua visita à cidade é uma ida aos Calanques, que são uma espécie da cânions que se abrem para às águas cristalinas do mediterrâneo, sendo possível mergulhar e fazer passeios de barcos por lá.


Duas noites na cidade são suficienetes para conhecê-la e fazer esse passeio. Outro ponto favorável para sua visita à cidade são as diárias dos hotéis que são mais baixas quando comparadas com Nice, a cerca de duas horas dali.  



Carcassonne

Carcassonne se afasta um pouco litoral e é uma das cidades mais diferentes de todas que vou listar aqui. Assim como Lyon, a cidade também tem uma parte mais moderna, no entanto, a parte histórica, conhecida como La Cité, é a que mais vale o passeio, isso porque essa parte é uma cidade medieval, construída dentro de um castelo praticamente, com muitas torres e paredes enormes.


Dentro dessa parte medieval, há muitos restaurantes, lojinhas de artesanato local, exposições de antiguidades, e até mesmo alguns espaços para shows e atrações musicais. Algo muito comum nessa parte do país são os sabonetes da Provence, com várias fragrâncias, e que valem muito a pena comprar para trazer de lembrancinha para parentes e amigos.

Dentro da cidade medieval: muitas lojas e restaurantes
Um prato que você vai encontrar em todos os restaurantes da cidade é o cassoulet - o mais emblemático de lá. Conhecido como a feijoada francesa, é um prato que custa na faixa de 12 euros e pode fazer parte de menus do dia que custam cerca de 18 euros por pessoa. Se você for se hospedar na cidade, tenha certeza de que seu hotel fique próximo à La Cité, pois é o passeio que mais vale a pena fazer por lá.




Bordeaux

Uma das mais tradicionais e conhecidas cidades do país, Bordeaux é famosa mundialmente como grande produtora de vinhos, e uma parada na cidade é praticamente obrigatória para os apreciadores dessa bebida.

Cidades ao redor de Bordeaux são lotadas de vinícolas
Por lá, vale a pena ficar duas noites, pois assim é possível reservar uma tarde para conhecer o centro da cidade e um dia inteiro para fazer um passeio pelas cidades próximas de Bordeaux, onde há maior concentração de vinícolas.


Assim como as outras cidades, Bordeaux tem uma parte mais antiga, que foi preservada, e uma parte mais moderna. No entanto, essa parte ainda está sendo feita, portanto não há muito o que ver por lá, a não ser o La Boca, que é uma espécie de praça de alimentação a beira do rio Garona - vale muito a pena ter uma refeição por lá.


Tours

Tours em si não tem muitos atrativos turísticos, mas o que faz com que ela seja citada aqui é a região que envolve essa cidade: o Vale do Loire. Os castelos dessa região são, com certeza, o ponto que torna essa região tão famosa. Essas construções gigantes e imponentes são capazes de alimentar a sua imaginação com histórias da realeza, pois é possível fazer um tour interno por vários desses chateaux (castelo, em francês).

Vista de Amboise, cidade próxima de Tours
Quando estive por lá, visitei Amboise, segunda maior cidade da região, atrás apenas de Tours. Ao entrar no Castelo de Amboise, você recebe um tablet que, de acordo com o cômodo em que você está, mostra como ele era antes, quando a realeza morava ali. Além disso, na capela desse castelo está enterrado o corpo de Leonardo da Vinci, e não muito longe de lá, está o castelo do pintor, onde ele morou por um bom tempo.

Castelo de Amboise
As visitações dos castelos são pagas, mas geralmente os recepcionistas dos hotéis recebem uma comissão e podem te dar de graça os tickets para a entrada. Por ser uma cidade que não está muito no roteiro dos turistas, por mais que há muitos deles por lá, os restaurantes são um pouco mais baratos, e é possível comer bem gastando cerca de 15 euros por pessoa. 

A França é encantadora, independente do seu estilo de viagem, será uma experiência inesquecível. Cada cidade guarda suas histórias, e vale muito a pena aprender um pouco de cada. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário