6 Itens Para Prestar Atenção Ao Comprar Passagens Aéreas

6/30/2019

Eu costumo dizer que a compra da passagem é a confirmação de que a viagem vai realmente acontecer, depois de um tempo programando, o primeiro investimento no passeio é na compra do voo e, durante esse momento de alegria, você deve prestar antemão em vários detalhes, pois se não poderá haver problemas futuros.

1. Confirmação Da Compra 

Resolvi começar por esse item porque, por mais simples que ele seja, é muito importante!

Já aconteceu na minha família. Meu irmão achou que tinha feito a compra das passagens 1 mês antes da viagem, e no dia anterior ao voo ele foi tentar fazer o check-in e não conseguia achar as passagens no e-mail! E vocês sabem que comprar passagens para o dia seguinte é pedir para esvaziar a carteira. O preço mudou de 280 para 1.500 reais!!!

Então para evitar problemas futuros, assim que você comprar suas passagens, entre no seu e-mail, ou alguma confirmação do banco, para ver se a passagem foi realmente comprada.


2. Horário do Voo 

Esse item é importantíssimo. Preste atenção no horário de saída e chegada do voo. Prestar atenção nos 2 fatores é essencial!

Importante saber que o horário que mostra no site ao comprar a passagem são os horários de decolagem e pouso do voo, isso é importante para o planejamento da sua viagem.

Ao ver o horário de partida, sabia que, você deve estar no portão de embarque bem antes e é aí que se aplica a famosa regra. Chegue no aeroporto 2 horas antes do voo para voos nacionais, e 3 horas antes em voos internacionais. Essa regra salva vidas!!! (e viagens também hahaha).

Prestar atenção no horário da chegada também tem a mesma importância. Em uma das minhas idas ao Rio, meu voo pousou no Santos Dumont as 5:35 e eu ia para Barra da Tijuca. Por ser o horário que todos estão voltando do trabalho para casa, a gente pegou um engarrafamento tão grande que a gente passou mais tempo no táxi que no avião. Surreal!

3. Fuso Horário 

Continuando no tema horário, vamos falar de fuso horário. Caso você esteja indo viajar para um outro país, provavelmente haverá mudança de horário. Então surge a dúvida se o horário de chegada é o horário local ou o horário brasileiro. A resposta eh simples: o horário de chegada do voo é sempre horário local.

Para saber o horário brasileiro que você vai chegar, basta pegar o heroico de saída, somar o tempo do voo, e somar ou subtrair (dependendo do fuso) a diferença de horário.



4. Troca de Aeroporto 

Se o voo não for direto, fique de olho nisso. A troca de aeroportos em uma mesma cidade não é muito comum, mas pode acontecer. Existem 2 tipos de trocas de aeroporto.

Uma troca que pode acontecer é você chegar na cidade por um aeroporto e o seu voo de volta ser por outro. Preste atenção, pois o caminho de volta será diferente, então tome cuidado para não perder o voo.

O outro caso é um pouco mais complexo. Você está fazendo uma escala e no meio da escala você tem que trocar de aeroporto. Veja o exemplo:

Seu voo é Brasília - São Paulo - Paris. Mas seu vou de Brasília pousa no aeroporto de Congonhas e seu vou para Paris é saindo do aeroporto de Guarulhos. Então ao chegar em São Paulo, você tem que pegar suas malas, pedir um táxi/uber e ir para o outro aeroporto.

Se isso acontecer, sabia que você que terá que bancar o transporte até o outro aeroporto e fique atento se o tempo entre um voo e outro é o suficiente para o deslocamento.

Esse tipo de troca normalmente acontece no Rio de Janeiro e São Paulo, que são cidades grandes que tem mais de um aeroporto e são bem comuns escalas lá. Caso aconteça, normalmente o site avisa na hora da compra, mas é sempre bom prestar atenção, pois ele pode não avisar.

Caso você viaje para uma cidade que tenha mais de 1 aeroporto e você não sabe qual escolher, basta colocar o nome da cidade e selecionar a opção “todos os aeroportos”, mas tome cuidado, a distância do aeroporto escolhido pode acabar gerando um problema para sua viagem.



5. Conexões

Antes de tudo, é necessário diferenciarmos conexão e escala, conexão é quando desembarcamos do avião para embarcamos em outro, sendo essa uma situação bem comum; enquanto a escala é quando apenas ficamos no avião que para em algum lugar, com rumo a outro.

Voo direto é uma maravilha, mas não é sempre que acontece, ainda mais dependendo de onde você mora. Mas por isso que existem as escalas e elas devem ser bem analisadas na hora da compra.

Se seu voo tiver escalas, veja a duração dela. Podendo escalas longas boas ou não, se seu voo for ficar no mesmo terminal, esperando de uma a duas horas, é aceitável, mais longo que isso, é bom olhar outra passagem.

Mas se seu voo for internacional e você tiver que trocar de terminal no aeroporto, esse tempo pode não ser o suficiente. Pois você terá que passar pela imigração, trocar para outro terminal, e tudo isso leva um bom tempo. Então nesse caso, é bom procurar uma escala com um tempo mais longo, para ter tempo de fazer tudo.

Dependendo do lugar onde fará escala é necessária outros tipos de documentação como a Carteira de Vacinação Internacional ou até mesmo visto para um país parte do trajeto, rumo ao destino.



6. Bagagem Inclusa 

Ainda mais nos dias atuais, em que há uma grande disputa para ver se as cias aéreas podem ou não cobrar por bagagem aérea separadamente. Por isso vale a pena certificar se no seu voo haverá ou não a cobrança.

Caso vá adicionar a bagagem, compre pela internet no mesmo momento da compra da passagem, pois o preço sairá muito mais baixo do que se você for deixar para pagar no aeroporto. Na internet sairá por volta de 60 reais e no aeroporto pode chegar até o dobro!!!


Com todas essas dicas, você está pronto para comprar sua passagem aérea com segurança e mão ter nenhum problema durante o seu voo!

Você também vai gostar

0 comentários